Defesa de Direitos Humanos com foco principal na criança e adolescente

O Território de Desenvolvimento Noroeste Paulista é formado por 36 municípios: Aparecida d´Oeste, Aspásia, Dirce Reis, Dolcinópolis, Estrela d´Oeste, Fernandópolis, Guarani d´Oeste, IndiaporãÞ, Jales, Macedônia, Marinópolis, Meridiano, Mesópolis, Mira Estrela, Nova Canaã Paulista, Ouroeste, Palmeira d´Oeste, Paranapuã, Parisi, Pedranópolis, Pontalinda, Populina, Rubineia, Santa Albertina, Santa Clara d´Oeste, Santa Fé do Sul, Santa Rita d´Oeste, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, São Francisco, São João das Duas Pontes, Três Fronteiras, Turmalina, Urânia, Valentim Gentil, Vitória Brasil.

Além destes, Pereira Barreto, Suzanápolis e Ilha Solteira pertencente ao Território da Pesca e Aquicultura. O objetivo do território é promover o desenvolvimento sustentável da região nas áreas da agricultura e pesca além do desenvolvimento social.
A representatividade no colegiado é composta considerando-se a paridade entre os órgãos públicos e a sociedade civil que participam das discussões e aprovam as decisões.
O território obteve a aprovação em 2009 de três projetos que irão beneficiar a Cadeia Produtiva do Mel , do Leite e da Seringueira, além dos projetos na área da pesca e aquicultura.
No último dia 19 de agosto, reuniram-se no Centro Comunitário Luiz Fázzio, em Urânia, representantes de associações e cooperativas, prefeituras e órgãos públicos de toda a região integrante do Território para a implantação da Câmara Temática da Agricultura Familiar.
A Câmara Temática da Agricultura Familiar discutirá as demandas para o Território e os projetos que poderão ser apresentados para a obtenção de recursos junto aos órgãos federais.
Esteve presente na ocasião a coordenadora estadual da Secretaria de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Doraci Cabanilha que explanou sobre a constituição do Território e das Câmaras Temáticas e suas representações.
Foram escolhidos entre os presentes para representatividade na Câmara Temática da Agricultura Familiar os seguintes membros: da sociedade civil a Camu – Central de Associações de Urânia, Apra – Associação de Produtores Rurais de Aspásia, Aprobon – Associação dos Produtores de Borracha Natural , Coopermira – Associação dos Produtores Rurais do Córrego Manoel Baiano, Cooperativa de Apicultores do Oeste Paulista, Cooperativa de Leite de Mira Estrela, Acampamento Bom Jesus de Ouroeste, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jales.
Dos órgãos públicos: Cati – EDR de Jales, Cati – EDR de Fernandópolis, Apta Noroeste Paulista, Prefeitura de Meridiano, Prefeitura de Santa Salete, Prefeitura de Mesópolis, Prefeitura de Santana da Ponte Pensa, Universidade Aberta do Brasil – UAB – Pólo Jales.
Os representantes eleitos irão discutir na Câmara Temática temas de interesse para a agricultura familiar e as possibilidades de um desenvolvimento sustentável para o Território..

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: