Defesa de Direitos Humanos com foco principal na criança e adolescente

Letícia Casado e Camila de Oliveira, do R7

Esta é a idade adequada dos alunos no 3º ano do fundamental (2ª série)

Apenas 58,1% das crianças de nove anos concluíram o 3º ano (2ª série), mostra levantamento da ONG Todos Pela Educação

…Uma pesquisa da ONG Todos Pela Educação divulgada nesta quarta-feira (1º) mostra que apenas 58,1% das crianças de nove anos concluíram o 3º ano (2ª série).

Em teoria, aos oito anos a criança deve estar cursando essa turma, mas a entidade considera na classe correta aqueles que têm um ano a mais. É uma espécie de “extra” para levar em conta os estudantes que fazem aniversário em diferentes épocas do ano letivo.

A alfabetização até os oito anos de idade é uma das metas da Todos Pela Educação. No entanto, a pesquisa cita a inexistência de instrumentos de avaliação – como uma prova específica para esse grupo – para verificar a alfabetização das crianças nessa faixa etária. Isso prejudica a medição do nível de conhecimento desses estudantes, diz a ONG.

Quando consideradas as crianças que completam o 3º ano até os dez anos de idade, o percentual sobe para 84,2%. Ou seja: 15,8% dos estudantes da segunda série (3º ano do fundamental) têm 11 anos ou mais

Sul x Nordeste

O estudo mostra também que as diferenças entre os Estados pode ser grande. O Paraná tem a maior taxa de conclusão aos nove anos (79,5%) e Santa Catarina, aos dez (95,1%).

A Paraíba contabiliza o menor percentual em ambos os casos. Apenas 40% dos alunos concluem esta série escolar aos nove anos, e 67,6%, aos dez. Isso significa que o atraso neste Estado é grande, pois muitos alunos do 3º ano do fundamental têm mais que 11 anos de idade.

Para a secretária de educação básica do Ministério da Educação, Maria Pilar Dallari, essas diferenças se dão, principalmente, por causa da economia e do nível de vida dos Estados.

– Não podemos negar que a diferença entre os índices de alfabetização da Paraíba e do Paraná têm relação com as condições socioeconômicos dos Estados e o contexto histórico dos dois.

Renda familiar

A Todos Pela Educação mostra que a taxa de alfabetização na idade adequada cai conforme menor o rendimento familiar.

Somente 43,9% das crianças de famílias com rendimento de até um quarto de salário mínimo per capita (R$ 127/ família) concluíram o 3º ano (2ª série) aos nove anos e 71,3% aos dez.

Nas famílias com mais de cinco salários mínimos de rendimento (R$ 2.550), a taxa de alfabetização na idade correta sobe para 80,4% aos nove anos e para 96,2% aos dez.

Percentual de crianças de 9 e 10 anos que concluíram o 3º ano (2ª série) do ensino fundamental (%)

Brasil e regiões Crianças de 9 anos Crianças de 10 anos
Brasil 58,1 84,2
Norte 52,2 77,4
Rondônia 65,5 82
Acre 70,2 81,9
Amazônia 42,9 77,7
Roraima 66,1 79 ,5
Pará 47,3 73,8
Amapá 75,8 89,6
Tocantins 62,1 84
Nordeste 53,8 79
Maranhão 55,6 74,8
Piauí 47,8 74,6
Ceará 60 84,8
Rio Grande do Norte 58,6 82,5
Paraíba 40 67,6
Pernambuco 57,4 80
Alagoas 41 85,8
Sergipe 52,1 79,8
Bahia 53,8 78,6
Sudeste 56,7 87,5
Minas Gerais 44,2 81,7
Espirito Santo 54,1 86
Rio de Janeiro 40,9 78,2
São Paulo 69,3 93,9
Sul 74,8 91
Paraná 79,5 91,3
Santa Catarina 72,3 95,1
Rio Grande do Sul 72, 1 88,1
Centro – Oeste 61,7 86,6
Mato Grosso do Sul 67,4 86,3
Mato Grosso 54,9 88,4
Goiás 63,9 85,9
Distrito Federal 58,5 86,8

Obs: Idade escolar definida por nove anos/dez anos completos em 30 de junho.

Fonte: Pnad, IBGE/ Tabulação Todos Pela Educação

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: