Defesa de Direitos Humanos com foco principal na criança e adolescente

Arquivo para 14/03/2012

Protesto faz ‘desinauguração’ do Teatro Castro Mendes, em Campinas

Grupos artísticos se reúnem em frente ao espaço nesta quinta-feira.
Local está fechado desde 2007 e novo prazo para reabertura é julho.

Leandro Filippi Do G1 Campinas e Região

Teatro Castro Mendes (Foto: Tiago Gonçalves / G1 )Teatro Castro Mendes está em reformas desde
2007 (Foto: Tiago Gonçalves / G1 )

Quando a situação chega em um nível crítico, o jeito é chamar a atenção com uma “brincadeira”. Com esse intuito, grupos artísticos de Campinas, interior de São Paulo, organizam nesta quinta-feira, a partir das 18h, a “desinauguração” do Teatro Castro Mendes, fechado para reforma há quase 5 anos.

Contudo, a ideia não é chamar a atenção apenas para o espaço, mas o panorama geral da cultura na cidade, que não conta com nenhum teatro de grande porte desde que a prefeitura interditou o do Centro de Convivência, em dezembro de 2011. “A escolha do Castro Mendes é a escolha de um símbolo […] é um ícone que mostra a demolição artística”, explicou Tiche Viana, do Levante Cultura.

“A intenção é se expressar artisticamente, cobrar por meio da arte”, disse. Diversos grupos estarão presentes na Praça Correa de Lemos, em frente ao Teatro Castro Mendes, que desde 2007 está fechado para reformas. Em um cartaz irônico, que chama o público para participar, os organizadores convidam para “mais um grande momento da cultura campineira”.

Inauguração
O engenheiro da prefeitura que coordena as obras do Teatro Castro Mendes, Cláudio Orlandi, afirmou ao G1 que o novo prazo para a reabertura do espaço é até o fim de julho. Isso se a administração assinar um contrato, com a empresa responsável pelas obras, que autorize o pagamento de R$ 2,9 milhões. O valor é um aditivo ao projeto original, orçado em R$ 7,4 milhões. No total, contabilizando projeto original e aditivo, o Castro Mendes terá o custo de R$ 10,3 milhões.

Segundo Orlandi, as obras previstas no projeto original continuam e atualmente os funcionários trabalham na fachada, piso de entrada, palco e sonorização do teatro. De acordo com o engenheiro, o valor aditivo é necessário para pagar, principalmente, a nova iluminação cênica e a iluminação para o público.

O projeto original não previa essas mudanças no espaço mas, segundo ele, no decorrer das obras foi identificado que não seria possível reformar a antiga iluminação. “Algumas peças e componentes não eram mais encontrados no mercado”, diz.

Tiche Viana afirmou a que os grupos teatrais têm apenas uma opção para apresentações atualmente na cidade: os próprios espaços. “Não tem onde se apresentar e quem perde é a população”, finalizou.

Questionada pelo G1 sobre a situação financeira do Teatro Castro Mendes, a prefeitura não retornou até a publicação da matéria.

Ministro Carlos Ayres Britto é eleito presidente do STF

Magistrado deverá comandar o julgamento do processo do mensalão, previsto para este ano

Do Portal Terra

 

1130AC3181.jpg

O ministro Carlos Ayres Britto foi eleito nesta quarta-feira (14) o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Britto ocupará o cargo deixado por Cezar Peluso, e o ministro Joaquim Barbosa assumirá a vice-presidência.

A eleição para a presidência do STF ocorre a cada dois anos, baseado em um rodízio por antiguidade na Corte. Ayres Britto não completará o mandato, já que completa 70 anos em novembro, idade da aposentadoria compulsória. Barbosa, então, assumirá o comando do tribunal.

Com uma fala serena e conhecido pela redação de votos poéticos, Carlos Ayres Britto relatou ações polêmicas, como quando deu voto favorável à liberação de pesquisas com células tronco. Em um texto repleto de metáforas, tentou distinguir o “embrião” da pessoa humana, na tentativa de rebater os argumentos de que a Constituição garantiria direitos a partir da fecundação. “Ninguém afirma que a semente já é planta ou que a crisálida é uma borboleta”, afirmou o ministro.

No julgamento da Lei da Anistia, foi voto vencido ao classificar os torturadores como “monstros”. “O torturador é um monstro, é um desnaturado, experimenta o mais intenso dos prazeres diante dos mais intensos sofrimentos. É uma espécie de cascavel que morde o som dos próprios chocalhos”, disse no julgamento.

Na presidência do STF, o ministro deverá comandar o julgamento do processo do mensalão, previsto para este ano.

Seminário da Campanha contra Agrotóxicos

Imagem inline 1
Belo Horizonte, 13 de março de 2012.
Circular 01/2012: 1º Seminário Estadual
O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo e esses venenos estão nos nossos alimentos, na terra, na água e no ar. Estamos diante de um grave problema de saúde pública, com milhares de casos de câncer e de inúmeras outras doenças graves e mortes todos os anos. A agroecologia e a agricultura camponesa são as soluções para alimentar a humanidade e podem produzir alimentos de qualidade e em quantidade suficiente. Os agrotóxicos são um dos pilares de sustentação agronegócio, modelo que expulsa a população do campo, produz para exportação e gera lucros para as empresas transnacionais, perpetuando fome e pobreza.
Diante dessa situação, foi lançada no começo de 2011 a Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida, que conta com o seu Comitê Estadual de Minas Gerais composto por mais de 20 movimentos, entidades e organizações. Existem também diversos Comitês Regionais formados ou em formação.
Com muitos esforços e dificuldades – já que, ao contrário do agronegócio, não contamos com nenhum financiamento – vamos realizar nosso 1º Seminário Estadual, para 100 participantes, com caráter de formação e organização. As discussões terão como linhas os temas da questão agrária e ambiental, dos efeitos sobre a saúde e a segurança alimentar e da organização de comitês e ações.
Orientamos que as regiões que já contam com Comitês Regionais enviem seus representantes e que aquelas que não os têm enviem representantes de organizações e entidades. É de extrema importância que os participantes sejam pessoas que cumprirão o papel de interiorizar e operacionalizar a Campanha em seus campos de atuação, com formação, organização e ação.
O Comitê Estadual está se esforçando para garantir o local para realização, a hospedagem e as refeições. Solicitamos que todos tragam alimentos para fazermos os nossos lanches solidariamente. O deslocamento ficará a cargo das regiões. A seguir estão as orientações de inscrição, data e localização. Em breve enviaremos mais detalhes sobre a programação e sobre como chegar ao local.
1º Seminário Estadual de Minas Gerais
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida
– Data/horário: das 08:00 de 14/04 às 14:00 de 15/04/12. Quem vier de fora da capital deverá chegar para pernoitar no dia 13/04.
– Local: Centro de Formação da Fetaemg, localizado à Rua Cissus, 15, Bairro Juliana, Belo Horizonte-MG
Inscrição prévia até 09/04, com nome, telefone/endereço eletrônico, organização e município. Inscrever-se pelo semvenenopelavida@yahoo.com.br ou pelo (31) 3226-8403 – ramal 208, falar com Sônia, no Conselho Regional de Nutricionistas-CRN. A inscrição precisa ser feita, para que possamos planejar corretamente a estrutura.
Contamos com a sua participação!
Articulação dos Empregados Rurais de Minas Gerais – ADERE MG
Articulação Mineira de Agroecologia – AMA
Assembléia Popular
Associação Brasileira dos Estudantes de Engenharia Florestal – ABEEF
Caritas Brasileira Regional Minas Gerais
Comissão Pastoral da Terra – CPT
Conselho Regional de Nutrição – CRN
Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais – CONSEA-MG
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – EMATER-MG
Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil – FEAB
Federação dos Trabalhadores na Agricultura Estado de Minas Gerais – FETAEMG
Fórum das Pastorais Sociais
Grupo de Estudos em Saúde e Trabalho Rural – GESTRU – UFMG
Mandato Deputado Federal Padre João
Mandato Deputado Estadual Rogério Correia
Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB
Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST
Rede de Educação Cidadã – RECID – MG
Rede de Intercâmbio de Tecnologias Alternativas
Sindicato dos Trabalhadores em Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – SINTER-MG
Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política/Arquidiocese de BH
4 Cantos do Mundo

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: