Defesa de Direitos Humanos com foco principal na criança e adolescente

Arquivo para a categoria ‘PARADA DO ORGULHO LGBT’

Aprovada lei que criminaliza homossexualidade no interior de SP


 

O projeto de lei nº 280/2011, que “dispõe sobre a proibição de divulgação de qualquer tipo de material que possa induzir a criança ao homossexualismo”, de autoria do vereador Cristóvão Gonçalves (PSDB), de São José dos Campos, foi aprovado nesta semana por onze votos a nove. A multa é de R$1000,00 pra quem descumprir a lei.

 

O projeto claramente inconstitucional, ofende a lei estadual contra homofobia (Lei 10948/01) e dá abertura a qualquer tipo de interpretação dos interessados. O que pode ser considerado “material que induza a homossexualidade”? Caso um casal homossexual tire uma foto e coloque numa rede social como o Orkut, por exemplo, poderá ser punido por essa lei absurda. No caso de uma Parada do Orgulho LGBT, o material de divulgação de datas e locais também poderia ser considerado um material que induza a homossexualidade. Ou então, ou simples panfleto de casa de festas, quem sabe?

 

Estamos caminhando para criminalização da homossexualidade no Brasil. Os fundamentalistas não querem que a homofobia seja criminalizada. Querem que seja um direito. Não querem que a escola implemente medidas pra evitar o bullying. Querem obrigar homossexuais à invisibilidade, ou que desapareçam, caso contrário viram alvo. Não há mais que medirmos palavras quanto a isto há uma guerra “Santa”, uma verdadeira perseguição com o intuito de amordaçar LGBTs no Brasil.


A violência irá aumentar. Vamos aceitar isso até quando?

 

O projeto foi aprovado com votos do PSDB, DEM, PR, PPS e PV. Não me surpreenderia se muito a homossexualidade for a pauta das eleições presidenciais de 2014.

 

Confira a lista dos vereadores que votaram a favor:

 

ALEXANDRE DA FARMÁCIA – PR 

CRISTOVAO GONÇALVES -PSDB

CRISTIANO PINTO – PV

DILERMANDO DIÉ – PSDB

JAIRO SANTOS – PR 

MIRANDA UEB – PPS

TAMPÃO –  PR 

RENATA PAIVA – DEM

ROBERTINHO DA PADARIA – PPS

MACEDO BASTOS – DEM

Parada do Orgulho LGBT – Araras – SP (Jales 27 de Novembro)

III Parada do Orgulho Gay de São Carlos reuniu 50 mil pessoas

No ultimo dia 04 a ONG Visibilidade LGBT e a Prefeitura Municipal de São Carlos realizaram a III Parada do Orgulho LGBT de São Carlos com o tema “Por uma São Carlos sem Machismo, Racismo e Homofobia”. Mais uma vez a Parada foi um sucesso, segundo a Guarda Municipal 50 mil pessoas compareceram no evento, que teve inicio na Avenida São Carlos próximo ao terminal rodoviário com termino no Mercado Municipal, marchando pela principal avenida da cidade.

Durante o evento o prefeito Oswaldo Barba assinou o decreto que cria a Divisão de Políticas da Diversidade Sexual ligado a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, uma grande vitória e um marco na consolidação das Políticas Publica para a população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. O município já conta com o Conselho da Diversidade Sexual, que foi sancionado pelo prefeito na primeira Parada em 2009.

Segundo Barba “São Carlos tem caminhado muito para se tornar uma cidade sem preconceitos ou violência gerada pela discriminação de qualquer tipo e a Prefeitura tem apoiado a luta por uma São Carlos sem machismo, racismo ou homofobia através de várias ações que preservam os direitos de todos os cidadãos. A criação da Divisão de Políticas para a Diversidade Sexual que está sendo oficializada no dia de hoje é um passo muito importante contra qualquer tipo de discriminação” esclareceu o prefeito Barba.

Alexandre Sanches, presidente da ONG Visibilidade LGBT enalteceu a importância da união e parceria entre a Prefeitura, Câmara Municipal e da sociedade civil organizada que culminou com diversas ações em prol da igualdade e enfrentamento a todas as formas de discriminação na cidade de São Carlos.

Após as falas na abertura da Parada, a ONG Visibilidade LGBT fez uma homenagem ao Prefeito, por governar para todas e todos e também coroou a ex vereadora Silvana Donatti como Rainha da Parada, ela é autora da lei que garante a Conferência Municipal LGBT por lei e do dia Municipal de luta contra homofobia.

A manifestação ainda fez uma parada em frente à Câmara Municipal onde Phamela Godoy, Vice Presidenta da ONG Visibilidade LGBT cobrou do legislativo uma lei em defesa da comunidade LGBT: “Faz 2 anos que a ONG vem tentando aprovar uma lei que pune e coíbe a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, mas não vem tendo resultados, dos 13 vereadores da casa 10 mandaram emendas parlamentar para a Parada, é preciso que esse comprometimento se estenda para a aprovação dessa lei. São Carlos é referência em políticas publicas, agora é hora de ter uma lei que puna a discriminação, quero pedir uma salva de palmas em forma de manifestação”

No Mercado Municipal diversos artistas se apresentaram, a grande atração da noite foi a cantora Wanessa que também defende os direitos da comunidade “Meu show aqui é uma pequena participação, o importante aqui é a Parada LGBT”

 

http://www.visibilidadelgbt.org/?p=512

APOGLBT recebe indicações do público para o 11º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade‏

Premiados são contemplados em 17 categorias, durante cerimônia que antecede a 15ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo

A Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOGLBT) abre ao público as indicações para a 11ª edição do Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, cerimônia anual que homenageia personalidades, entidades, autoridades e ações que protagonizam os avanços e o respeito aos direitos humanos da população LGBT. Interessados devem enviar suas sugestões até o dia 15 de maio, para o e-mail indicacao@paradasp.org.br. A premiação integra o calendário do 15º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo, que ocorre em junho.

Para 2011, a APOGLBT amplia o número de premiados e concede o troféu em 17 categorias. São elas: Direitos, ONG, Ação Política, Internacional, Saúde, Internet, Imprensa, Memória, Publicidade, Educação, Trabalho, Ação Cultural, Literatura, Cinema, Documentário, Artes Cênicas e TV.

Qualquer pessoa pode registrar a sugestão, desde que a mensagem contenha descrição, justificativa e as respectivas categorias as quais os indicados estão relacionados. Serão consideradas apenas as indicações feitas através do e-mail especificado e dentro do prazo estabelecido.

A APOGLBT ressalta que a indicação não tem validade de voto, ou seja, a diretoria da entidade levará em conta a relevância do indicado e não a quantidade de indicações recebidas. Cabe também apenas à diretoria da Associação analisar todas as sugestões e decidir pela prerrogativa.

 

Há 11 anos, promovendo a cidadania

O Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade surgiu em 2001 com o objetivo de reconhecer pessoas, instituições e os fatos mais significativos no cenário político, social e cultural para a população LGBT, e contribuir para o avanço e garantia dos direitos. Promovido pela APOGLBT, surge simultaneamente com outras duas atividades, o Gay Day e a Feira Cultural, que, somando à Parada, culminam com a oficialização do calendário do Mês do Orgulho LGBT de São Paulo.

Esta premiação expressa a importância da atuação dos premiados em prol da cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. É também uma importante ferramenta de divulgação e valorização das atividades que contribuíram com o movimento LGBT para a consolidação do respeito à diversidade, bem como um estímulo às práticas socialmente responsáveis.

O design do troféu utilizado desde a primeira edição – no formato de uma mão em sinal de positivo; referência à logomarca da APOGLBT – foi criado e doado para Associação pelo designer e arquiteto Duílio Ferronato.

O 11º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade ocorre em 24 de junho, com horário e local ainda a serem definidos.

A 15ª edição do Mês do Orgulho LGBT de São Paulo traz o tema “Amai-vos uns aos outros: basta de homofobia! – 10 anos da Lei 10.946/01, rumo ao PLC 122/06”. O calendário de atividades inclui o 9º Ciclo de Debates (datas e locais a confirmar), a 11ª Feira Cultural LGBT (23 de junho, no Vale do Anhangabaú), o 11º Gay Day (25 de junho, no Playcenter) e a 15ª Parada do Orgulho LGBT (26 de junho, na Avenida Paulista e Rua da Consolação).

Para mais informações e atualizações na programação, acompanhe o site www.paradasp.org.br.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: