Defesa de Direitos Humanos com foco principal na criança e adolescente

Posts marcados ‘Clayton Campos’

VALE-CULTURA, VALE MAIS DO QUE PARECE

CLAYTON CAMPOS
Ator, diretor e coordenador da
Escola Livre de Teatro
de Jales/SP
No finalzinho do ano passado foi sancionado pela presidenta Dilma o Vale-Cultura, um benefício de R$ 50 mensais concedidos aos trabalhadores que recebam até cinco salários mínimos por mês. Com o Vale-Cultura, os trabalhadores poderão ter acesso à serviços e produtos culturais, tais como: musica, teatro, cinema, livros, CD’s entre outros. Aproximadamente 17 milhões de trabalhadores serão beneficiados com essa política e o consumo cultural elevado em até R$ 7,2 bilhões por ano.
O Vale-Cultura ainda está em fase de regulamentação e um dos pontos a serem esclarecidos é a definição de serviços e produtos culturais que o trabalhador poderá consumir com esse benefício.
De fato essa é uma boa noticia para o brasileiro, para o artista, para o expectador e para o comércio que terá mais dinheiro circulando.
Bem, a lei foi sancionada, está sendo regulamentada, logo acredito que é o momento de iniciar um debate entre o poder público municipal, os agentes culturais, associação comercial e outros segmentos para pensar em ações que possam ajudar a fazer com que esse benefício possa circular em nossa cidade. Talvez seja o momento de começar uma campanha em prol a adesão ao Vale-Cultura por parte dos empresários e também dos funcionários, uma vez que é facultativo aos dois. Devemos apoiar também as produções e serviços que são realizados no município fazendo com que esses investimentos fiquem na cidade e possa ser investido no comércio local. Não sei qual seria a melhor estratégia, só sei que precisamos começar a discutir o assunto, para conhecer melhor e saber o que fazer para que nossa cidade se beneficie.
Fica a dica!
Anúncios

PONTO DE CULTURA Escola Livre de Teatro de Jales

Clayton Campos
Diretor do Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro

Várias pessoas tem nos abordado para perguntar quando começarão as aulas de teatro do ano de 2011 o Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro, e agora essa procura aumentou consideravelmente em razão de recente matéria publicada em jornal local e vários blog’s.
Quero neste espaço manter informadas essas pessoas que querem fazer parte deste Ponto de Cultura. Ontem na sessão da Câmara Municipal a vereadora Araci Murari Cardoso, a Tatinha apresentou um requerimento solicitando informações ao prefeito municipal, senhor Humberto Parini sobre a Notificação Administrativa Especial para que o Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro desocupe a sala na qual funciona a sua sede. O requerimento em questão foi aprovado por unanimidade entre os vereadores daquela Casa de Leis, que usaram a tribuna para manifestarem apoio a causa do Ponto de Cultura e pedir solução para o caso. Após a sessão Plenária, os vereadores procuraram os representantes do PdC E.LI.TE para manifetar apoio e se colocarem à disposição para buscarem conosco a solução para tão importante projeto que existe há mais de 20 anos na cidade de Jales e que já projetaram atores para os grandes centros, o último caso é do ator Ítalo Sasso, que integra atualmente o elenco da novela “Insensato Coração”, que foi motivo de “Moção de Aplausos”, proposta pela vereadora Pérola Cardoso, também aprovado por unanimidade naquela Casa.
Hoje pela manhã, convidados pelo vereador Luís Especiato e com o apoio da vereadora Tatinha, os colaboraores do PdC E.LI.TE se reuniram com o Secretário de Cultura, senhor Irineu de Carvalho e o Procurador do Município, Dr. João Luís Socorro, que orientou a todos à respeito do que deve ser feito para solucionar este caso, afim de não deixar prejudicado tão importante e tradicional projeto e nem os munícipes que tem procurado o Ponto de Cultura para se iniciarem na arte de representar. Após ouvir as explicações, o vereador Especiato disse que irá conversar com o prefeito, que deverá retornar de Brasília na próxima quinta feira, para propor uma solução e dará retorno até o final da semana sobre o que será decidido nessa conversa entre o Legislativo e o Executivo.

Pontos de Cultura se reúnem em Santa Fé do Sul

Os Pontos de Cultura da Macro Grandes Lagos e da Macro Araçatuba se reuniram no Complexo Cultural da Estância Santa Fé do Sul para mais uma Teia Regional. “Teia” é o nome dado aos encontros dos Pontos de Cultura. “Pontos de Cultura” potencializam iniciativas e projetos culturais já desenvolvidos por comunidades, grupos e redes de colaboração, através de convênios estabelecidos com entes federativos.

Fomentam a atividade cultural, aumentam a visibilidade das mais diversas iniciativas culturais e promovem o intercâmbio entre diferentes seguimentos da sociedade. A Teia Regional aconteceu nos dias 13 e 14 de novembro e reuniu 14 Pontos de Cultura, 11 da Macro Grandes Lagos e 3 da Macro Araçatuba
“Foram dois dias de (con) vivênvia cultural, de troca de saberes, anseios, idéias de projetos futuros. Houve Ponto que se reconheceu no outro Ponto e já nasceu mais que uma vivência, mas a vontade de fazer juntos. Houve Ponto que chegou de mansinho, desconfiado daquela gente correndo, cantando, celebrando toda hora, mas que bastou ouvir o primeiro toque de um tambor e se jogou na rede.
Houve Ponto que apenas se apresentou. Apresentações belíssimas, mas não puderam ficar com a gente sentindo na alma o que é um encontro de tantos ‘fazedores’ de cultura juntos, não puderam trocar com os outros Pontos um pouco do seu saber. Mas oportunidades não faltarão, já que saímos de lá sabendo que em maio teremos uma outra Teia Regional em Andradina: desta vez, a macro Araçatuba já convidou a macro Grandes Lagos a construir a Teia em Andradina em maio de 2011. Vamo que vamo!”, disse Cláudia Borges, coordenadora do Ponto de Cultura Balcão das Artes de Santa Fé do Sul e uma das organizadoras da Teia Regional.
Jales esteve muito bem representada pela participação do Ponto de Cultura Todoroki Taikô, que participou do cortejo da Teia, pelo Ponto de Cultura Criança Feliz que fez uma apresentação do coral infantil Manain Kid’s e pelo Ministério de Dança, pelo Ministério B’Boys ( que ainda não é Ponto de Cultura conveniado e pelo Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro de Jales que apresentou na Teia os espetáculos “A Farsa do mestre Pathelin”, “Auto da camisinha” e “Abrindo o seu negócio”.
“Participar das Teias é sempre um grande aprendizado para nós ‘ponteiros’, pois nelas temos a oportunidade de ver e sermos vistos, compartilhar nossos saberes com outras pessoas que compartilham seus saberes conosco, conhecer o diferente para que possamos ser iguais, enfim, só vivenciando as Teias é que podemos ter a noção do que é ser ‘ponteiro’ de cultura”, afirmou Clayton Campos, coordenador do Ponto de Cultura Escola Livre de Teatro de Jales e membro da Comissão Paulista dos Pontos de Cultura.
Outras regiões – Pouco antes de partir para Santa Fé do Sul para participar da Teia Regional dos Pontos de Cultura, o PdC Escola Livre de Teatro de Jales esteve representando a cidade em Atibaia no IV Encontro do Movimento Nacional das Cidadãs Posithivas ( MNCP), com os espetáculos de ação transversal de cultura e saúde “Auto da Camisinha” e “Diário de meninos e sonhos” apresentados para ilustrar os debates e também o espetáculo “Abrindo o seu negócio” apresentado em momento de descontração para divertir as participantes do evento.
“Eu nem tenho palavras para traduzir o que foi para mim ter participado desse encontro, pois pela primeira vez pude ver e conviver com pessoas tão maravilhosas que demonstraram uma vontade de viver, uma alegria contagiante. Eu saí de Atibaia uma outra pessoa”, disse Patrícia Frehi, atriz.
Para quem não teve a oportunidade de assistir aos espetáculos da Escola Livre de Teatro de Jales ou os que já viram, mas querem assistir novamente, o Núcleo de Produção e Difusão juntamente com o Núcleo de Formação realizarão no final do mês de novembro a 20ª Mostra E.LI.TE de Teatro (veja programação no http://www.elteatrojales.blogspot.com).

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: