Defesa de Direitos Humanos com foco principal na criança e adolescente

Posts marcados ‘Livros’

Termina amanhã o prazo para inscrições em sete editais do programa ProCultura.

Termina amanhã o prazo para inscrições em sete editais do programa ProCultura. Os processos seletivos foram abertos em outubro do ano passado pelo Ministério da Cultura (MinC) e contemplam iniciativas na área de circo, dança, música, artes visuais, teatro, entre outros. O encerramento das inscrições se dá após uma prorrogação do prazo original, agendado inicialmente para o dia 10 de dezembro de 2010.

Os recursos disponibilizados para os projetos são do Fundo Nacional de Cultura (FNC). Além das áreas contempladas citadas acima, há também edital que beneficia núcleos de formação cultural da juventude negra, para capacitar jovens afrodescendentes como agentes culturais, com o objetivo de disseminar a história e cultura afro-brasileira.

Há ainda edital para programação cultural de livrarias, com o intuito de estimular projetos de promoção do livro, leitura e literatura em estabelecimentos de pequeno e médio porte. Informações sobre os editais estão em www.cultura.gov.br/site/2011/01/06/procultura-11.

Secretaria de Direitos Humanos lança três livros nesta quinta, em Brasília

Nesta quinta-feira (30), às 11h, a Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República lança, em Brasília (DF), três livros: “Tortura”, “Retrato da Repressão Política no Campo: Brasil 1962-1985” e “Direitos Humanos: a atuação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República 2003 – 2010”.

 

O livro “Retrato da Repressão Política no Campo” é uma parceria da SDH com o Ministério do Desenvolvimento Agrário e faz parte do projeto Direito à Memória e à Verdade. O objetivo é fazer um relato da violência no campo entre 1962 e 1985.

“Ele trata de conflitos de terra, perseguição de movimentos sociais que lutavam a favor dos camponeses e da repressão política aos movimentos organizados desde as Ligas Camponesas”, explica o coordenador-geral do projeto Direito à Memória e à Verdade, Maurice Politi.

O livro é composto por textos de pesquisadores e professores estudiosos do assunto de universidades de todo o país.

 

O livro “Tortura”, organizado pela coordenação-geral de Combate à Tortura da SDH, é composto por textos de autores que participaram do Seminário Nacional sobre Tortura, realizado em maio deste ano na Universidade de Brasília (UnB).

Para a coordenadora geral de Combate à Tortura, Maria Auxiliadora Arantes, a obra reúne um material com o intuito de ampliar a compreensão sobre o fenômeno.

“Este livro traduz uma mobilização de distintos atores, como pesquisadores, estudiosos e militantes de instituições parceiras no enfrentamento da tortura”, explica. “Urge qualificar o tema a partir de um diálogo multidisciplinar e intersetorial, a fim de melhor potencializar a construção de estratégias que catalisem sua urgente erradicação no país”, avalia Maria Auxiliadora.

 

O terceiro livro — “Direitos Humanos: a atuação da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República 2003 – 2010”– faz um balanço da SDH desde sua criação. É composto por oito capítulos, subdivididos em diversas temáticas.

O lançamento das três obras será na própria Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Setor Comercial Sul – B, Quadra 9, Lote C, Edificio Parque Cidade Corporate, Torre “A”, 10º andar, Brasília.

Os ministros Paulo Vannuchi, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), e Guilherme Cassel, do Desenvolvimento Agrário, estarão presentes.

21ª Bienal Internacional do Livro/SP

PROGRAMAÇÃO CULTURAL
Além da larga oferta de livros, a Bienal oferece uma intensa programação cultural, desenvolvida para despertar o gosto pela leitura em mais de 700 mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos.Algumas atividades estão previstas para personalizar ainda mais a programação, durante os 11 dias do evento, com mais de 1000 horas de atividades culturais.

A organização da 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo convidou um grupo de profissionais de expressivo conhecimento na área para enriquecer ainda mais a programação cultural do evento. Para o Conselho de Curadores, foram convidados o sociólogo Danilo Santos de Miranda, diretor do SESC (Serviço Social do Comércio); o físico e engenheiro Hubert Alquéres, diretor-presidente da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo; e o poeta, jornalista e professor universitário Augusto Massi.

A programação cultural da feira terá como principais temas: Monteiro Lobato, Clarice Lispector, Livro Digital e Lusofonia.

Programe-se para visitar o grande evento cultural: 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo!

Informações Gerais

21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

 Data e Horário:
Dia 12 de Agosto: das 10h às 22h
    – Exclusivo para os profissionais do setor literário

Dia 13 de Agosto: das 10h às 22h PROMOÇÃO ESPECIAL!*
    – Público em geral

Dias 13 a 21 de Agosto: das 10h às 22h
    – Público em geral

Dia 22 de Agosto: das 10h às 20h, com entrada só até às 18h
    – Público em geral

*PROMOÇÃO ESPECIAL! Entrada gratuita para quem comparecer ao evento fantasiado do seu personagem favorito.
Para validar a sua entrada na Bienal do Livro é obrigatório apresentar uma foto do personagem representado.

 Local:
Pavilhão de Exposições do Anhembi
São Paulo, SP

 Ingressos: vendas apenas na bilheteria da Bienal do Livro de São Paulo
Entrada inteira – R$ 10,00
Meia-entrada – R$ 5,00**

**Os estudantes devem apresentar documento de identificação estudantil com data de validade. Caso no documento apresentado não conste data de validade, deverá ser apresentado outro que comprove a matrícula ou a frequência no ano letivo em curso acompanhado de carteira de identidade.

Os idosos, acima de 65 anos, não pagam ingresso apresentando carteira de identidade para comprovação.

Menores de 12 anos não pagam.

 Foto e filmagem:
Fotos e/ou filmagem de estandes e/ou produtos só podem ser feitas com expressa autorização do Expositor. 

ATENÇÃO: Ao participar da Bienal Internacional do Livro, VISITANTES e EXPOSITORES estão cientes e concordam que fotografias e filmagens feitas durante o evento poderão ser utilizadas pelos organizadores para promoção do setor e do evento.

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: